Sobre Jirau

Deste de setembro do ano 2000, através de uma iniciativa do então presidente FHC, o plano das hidrelétricas no Rio Madeira foi ganhando forma e mais força. Mais tarde, o Governo Lula assumiu o plano como um dos principais projetos de geração de energia de seu governo.

Em dezembro de 2008 houve o leilão das usinas de Santo Antônio e Jirau. As empresas construtoras das hidrelétricas terão 30 anos de concessões e venda da energia gerada pelas obras. Terão faturamento com a venda da energia em torno de 92 bilhões por um período de 30 anos. Por dia, as duas usinas terão em tono de 4 milhões de reais com a venda da energia.

Rio: Madeira

Município: Porto Velho

Estado: Rondônia

Região: Norte

Dono: Inicialmente, o consórcio Energia Sustentável do Brasil foi composto pelas empresas GDF Suez (50,1%), Camargo Corrêa (9,9%), Eletrosul (20%) e Chesf (20%). No segundo semestre de 2012, a GDF comprou a parte da Camargo Corrêa, alcançando 60%, mas posteriormente, em maio de 2013, vendeu 20% para a japonesa Mitsui. 

Potência instalada: 3.750 MW

Energia firme: 2.184,6 MW médios

Área do reservatório: 302,5 km²

Altura: 82 metros

Número de turbinas: 50

Custo: R$ 13,5 bilhões

Estágio no licenciamento: licença de instalação emitida em 12/12/2008

Número de trabalhadores no pico da obra: 12 mil

Localização

Jirau Porto Velho, Rondônia 9° 15' 14.1696" S, 64° 23' 46.9032" W

Mapa

Javascript is required to view this map.