Região Nordeste

Ocorreu na manhã deste sábado (11) em Correntina (BA), ato em defesa dos rios da região e em solidariedade aos trabalhadores que, no dia 2 de novembro, ocuparam duas fazendas do oeste baiano, contra a apropriação indevida da água e em defesa do rio Arrojado. Após a ação, eles passaram a ser criminalizados e um contingente policial desproporcional foi destacado e acompanhou o ato de hoje, incluindo tropa de choque. O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) esteve presente na atividade prestando solidariedade se somando na luta.

O ilegítimo governo Temer quer privatizar as principais empresas públicas de energia elétrica do país. O objetivo é a entrega completa do patrimônio público ao controle dos banqueiros e das transnacionais para aumentar seus lucros. O povo brasileiro será o grande prejudicado. Neste artigo, escolhemos a CHESF como símbolo e apresentamos ao povo brasileiro sete motivos para lutar contra sua privatização.

Em Petrolina, Univasf recebe bordados que contam história de violações de direitos e resistências na vida das atingidas

Nos dias 24 e 25 de agosto, ocorreu a I Etapa de Formação de Formadores da Plataforma Operária e Camponesa da Energia no Estado do Piauí. 

Em audiência com o MAB, o Secretário Jaques Wagner afirmou importância da criação da Politica Estadual dos Atingidos e a luta em defesa da Petrobras na Bahia

 

Instalação de energia elétrica e garantia de acesso à água estão entre as principais conquistas

O Movimento Quilombola do Maranhão – MOQUIBOM, Movimento dos Atingidos por Barragens- MAB, Comissão Pastoral da Terra – CPT vem, por meio desta nota, manifestar seu repúdio à ação autoritária e violenta empregada pelo Prefeito Ferdinando Coutinho-PSB da cidade de Matões-MA contra as famílias que ocuparam na última terça-feira (01/08), a sede da Prefeitura Municipal.

Na manhã desta quinta-feira (27), cerca de 200 jovens do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), Levante Popular da Juventude e Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), realizaram um ato em frente a Mansão Macêdo, localizada no bairro Aldeota, residência do presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB/CE) na capital cearense.

Foto: Lucas Calisto

É com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento de Tia Nita, mãe do companheiro João Aparecido, militante do MAB no Vale do São Francisco (PE). 

Tia Nita, chamada carinhosamente por todos, era uma mulher de força que se indignava com as injustiças sociais. Apoiadora da luta do MAB, sempre acolheu e cuidou dos militantes em seu lar, nos encorajava com seu entusiasmo e sua alegria contagiante a continuar lutando  por uma sociedade justa e igualitária para todos e todas.

Nesta quarta-feira (14) ocorreu audiêndia pública no Centro de Convenção do Idoso no município de Parnarama (MA).