Região Nordeste

Depois de seis meses do lançamento, diagnóstico para medir dívida do Estado com os atingidos ainda não saiu do papel.

 

“Companheira me ajuda que eu não posso andar só. Eu sozinha ando bem, mas com você ando melhor!”

Na última semana, representantes do MAB apresentaram a pauta regional dos atingidos da bacia do rio Parnaíba à CHESF, Programa Luz Para Todos no Piauí, governo do estado Cemar.

Em ação inédita, barragem de Sobradinho terá passivo social quantificado e resultado pode gerar política pública para região  

“Adeus Remanso, Casa Nova, Sento-Sé

Adeus Pilão Arcado vem o rio te engolir

Debaixo d'água lá se vai a vida inteira

Por cima da cachoeira a gaiola vai subir

Vai ter barragem no salto do Sobradinho

E o povo vai-se embora com medo de se afogar.

Dando prosseguimento à semana do 14 de março, Dia Internacional de Lutas Contra as Barragens, atingidos do Estado da Bahia fizeram ocupações e trancamento de rodovia


Nessa manhã de quarta feira (11), na Semana Internacional de Luta Contra as Barragens, mais de 500 atingidos ocupa a sede regional do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), no município de Santa Maria da Vitória, na Bahia. Essa atividade é mais uma entre várias outras que estão acontecendo no Brasil e no mundo.

Ribeirinhos do rio Formoso das comunidades atingidas por barragens dos municípios de Jaborandi e Coribe, na Bahia, realizam vigília em áreas de camponeses que estão ameaçadas pela PCH Arrodeador

População se mobiliza contra falta d’água em município cearense 


Na última sexta-feira, dia 30 de janeiro, aproximadamente 400 pessoas se mobilizaram no centro de Jaguaretama, no Ceará, para denunciar a situação de abandono vivenciada pelo município e reivindicar agilidade nos estudos para implantação da adutora que levará água da barragem Castanhão para a cidade de Jaguaretama.

Nesta semana, nos dias 2 e 3 de setembro, aconteceu em Recife (PE), o Seminário Regional de Energia, organizado pela Plataforma Operária e Camponesa para a Energia. O seminário do nordeste é o terceiro dos quatro seminários regionais que acontecem em todo o país para debater o modelo energético nacional e apontar perspectivas para a luta dos trabalhadores deste setor e atingidos por barragens.

Nesta terça-feira (02) começou o Seminário Regional Nordeste da Plataforma Operária e Camponesa para a Energia. Reunidos em Recife, no auditório do Centro de Tecnologia e Geociências da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mais de 150 militantes de organizações do campo e da cidade discutiram a energia no cenário geopolítico e os desafios do setor energético no Brasil.