Região Nordeste

Artigo de Heitor Scalambrini Costa, professor da Universidade Federal de Pernambuco


Nesta quinta-feira (11), Dia Nacional de Lutas, movimentos da Via Campesina realizaram manifestações em três cidades de Pernambuco, com um total de aproximadamente 6 mil pessoas.

Neste 11 de julho, Dia Nacional de Lutas, cerca de 5 mil manifestantes lotaram a Praça do Ferreira, no centro de Fortaleza. Centrais sindicais e movimentos sociais e populares estiveram mobilizados durante mais de 4 horas pela manhã. Durante a tarde, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e o MST, que integram a Via Campesina, juntamente com o Levante Popular da Juventude, entre outras organizações, marcharam até a prefeitura municipal.

As centrais sindicais e movimentos sociais realizam manifestações em todo o país nesta quinta-feira (11) e em Fortaleza está acontecendo um grande ato unitário da classe trabalhadora na Praça do Ferreira, no centro da cidade.

Na tarde desta quinta-feira (27), durante manifestação pacífica que reuniu cerca de 20 mil pessoas na capital cearense, a polícia iniciou uma forte repressão com balas de borracha, bombas de efeito moral e gás lacrimogênio contra a marcha que seguia em direção ao estádio Castelão.

Para se somar com as manifestações nacionais, os movimentos e organizações do campo e da cidade realizaram amanhã (27/06) uma marcha em Fortaleza (CE). A concentração será a partir do meio-dia, na praça da Serrinha, ao lado da UECE. A marcha seguirá até o Castelão, em um percurso de cerca de 5 km. A expectativa é reunir de 20 a 40 mil pessoas.

Estava marcada para a tarde desta quinta-feira (20) uma audiência pública, convocada pelo IBAMA, empresa Minas PCH e LIMIAR, responsável pelo estudo de impacto ambiental para a construção de duas pequenas centrais hidrelétricas, Gavião e Caiçara, localizadas no Rio Carinhanha, o maior afluente da margem esquerda do Rio São Francisco, no Oeste da Bahia.

As comunidades organizadas no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e ameaçadas pela PCH Arrodiador, planejada para a região oeste da Bahia, realizaram nesse domingo (12) uma reunião na comunidade de Bonito/Brumado, na cidade bahiana de Coribe.

Neste 1º de maio, Dia do Trabalhador, ocorreu lançamento do livro Luiz Carlos Prestes – O Combate por um Partido Revolucionário 1958 – 1990 em ato político com a presença de Anita prestes, filha do homenageado e autora da obra, na cidade de Petrolina, estado de Pernambuco.

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizou, neste sábado (6), ato político em preparação ao Encontro Nacional que acontece no mês de junho, em São Paulo. O evento foi realizado no reassentamento Alegre, município de Jaguaretama, e teve o objetivo de animar, esclarecer e divulgar o encontro aos atingidos por barragens da região.