Região Sudeste

Encontro reuniu 40 jovens para discutir uso de drogas, racismo, falta de trabalho e organização para garantir direitos


Na ultima terça feira (14), os atingidos e ameaçados pelas barragens na região do Vale do Ribeira, se reuniram na cidade de Registro em São Paulo com o objetivo de preparar o processo de lutas realizados na semana do 14 de março pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). Há mais de 25 anos as famílias resistem as implementações de barragens nos rios da região. 

Foto: Maxwell Vilela

Por Rafaella Dotta do Brasil de Fato

O depósito de R$ 1,2 bilhão, que deveria ser feito pela mineradora Samarco, está suspenso por tempo indeterminado. O valor serviria a ações de recuperação e reparação de danos socioambientais na bacia do Rio Doce, onde aconteceu o rompimento da barragem de Fundão na cidade de Mariana, em novembro de 2015. A data do pagamento já havia sido adiada três vezes.

Local do lançamento foi usado como cadeia e pelourinho para os escravos que trabalhavam na mineração

Surto é comum em regiões florestais, mas pode chegar às cidades devido ao desequilíbrio ambiental

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) estará realizando na próxima sexta feira dia 27, o lançamento do 8º Encontro Nacional do movimento. A atividade irá acontecer a partir das 19h30min horas no Centro de Formação Sagrada Família (Rua Padre Marchetti, 237, Ipiranga, São Paulo), com a participação de atingidos e atingidas por barragens de todas as regiões do Brasil, entidades estaduais e nacionais além de uma programação mística, cultural e festiva.

Desde o dia 02 de janeiro de 2017 a região leste de Minas Gerais convive com um surto de Febra Amarela que já provocou 7 mortes. Outros 46 óbitos suspeitos aguardam confirmação. O Governo do Estado de Minas Gerais decretou situação de emergência em 152 cidades.

20% da população do Vale do Jequitinhonha não têm acesso à água tratada


1 ano após o crime da Samarco (Vale/BHP Billiton),  que matou o Rio Doce, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) refez o caminho inverso da lama. A marcha que percorreu mais de 700 km se iniciou na Vila de Regência (ES), local onde a lama encontrou o mar, passando por inúmeros municípios às margens do rio até chegar ao seu ponto final: o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), povoado que foi totalmente devastado pela lama.

Frente Brasil Popular no estado de São Paulo.

São Paulo, 26 de novembro de 2016.

 

“Nenhuma arma, nenhuma força é capaz de vencer um povo que decida a lutar por seus direitos”. (Fidel Castro)

 

Ao povo cubano, ao governo de Cuba e suas organizações populares.

Aos familiares do comandante revolucionário FIDEL CASTRO.

 

Companheiros e companheiras,