Região Sudeste

Realizada por diversos segmentos organizados da sociedade - sindicatos do campo e da cidade, pastorais sociais, Movimento Fé e Política, entre outros, a romaria teve como tema Economia e Desenvolvimento e o lema "aceleração para quê e para quem?", em alusão ao PAC, Programa de Acaleração do Crescimento do Governo federal.

MAB encerra marcha com atos políticos em Belo Horizonte

 

Após três dias de marcha, os atingidos por barragens de Minas Gerais chegaram a Belo Horizonte, onde participaram de um ato junto com as centrais sindicais e movimentos sociais por ocasião do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes do Trabalho

 

 

 

Os atingidos por barragens de Minas Gerais seguem em marcha pelo estado nesta quarta-feira (27). Participam da atividade cerca de 450 militantes do MAB, que saíram na segunda-feira (25) de três cidades diferentes (Ponte Nova, Taioberas e Aimorés).

Cerca de 450 atingidos por barragens partem de três pontos do estado rumo a Belo Horizonte, onde ocorrerão diversas atividades, entre elas, o 3º Encontro dos Movimentos Sociais de Minas Gerais.

Na próxima semana, os atingidos por barragens farão marcha de três pontos do Estado rumo a Belo Horizonte, onde ocorrerão diversas atividades, entre elas, o 3º Encontro dos Movimentos Sociais de Minas Gerais.

Aproximadamente 200 atingidos pela Barragem de Berizal participaram do lançamento do programa de Produção Camponesa de Alimentos Saudáveis.

Em visita realizada às famílias atingidas pela Barragem do Peão, em São João do Paraíso, no extremo Norte de Minas Gerais, em fevereiro de 2011, a Cáritas Arquidiocesana de Montes Claros, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) ouviram atentamente o clamor do povo e levantaram irregularidades e descontentamentos dos atingidos e atingidas.

Relatório confirma violação aos direitos humanos nas barragens em Granada

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizou na semana passada um encontro na Zona da Mata Mineira para debater a pauta de desenvolvimento local e regional para os atingidos, e debater sobre a contribuição do Movimento na preparação da XXI Romaria dos Trabalhadores e Trabalhadoras, que deverá reunir cerca de quatro mil pessoas em Granada, no dia 1º de maio.

Fonte: Radioagência NP

Pelo menos 12 famílias camponesas atingidas pelo enchimento da Barragem do Peão, no município de São João do Paraíso (MG) estão abandonadas. De acordo com informações da Comissão Pastoral da Terra (CPT), do total de 26 famílias que sofreram os impactos diretos da obra, apenas 14 foram reassentadas. No entanto, elas dependem de cestas básicas há três anos, pois o solo da área onde foram reassentadas, não oferece condições para a agricultura.

Entre os dias 20 de janeiro e 9 de fevereiro realizou-se a 2ª etapa da 2ª turma do curso Energia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneo,  um convênio entre o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), através do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR).

Na etapa estiveram presentes cerca de 70 militantes de diversos movimentos sociais de todas regiões do Brasil e de vários países. A saber, Argentina, Panamá, México, Espanha, Colômbia, Moçambique e El Salvador.