Região Sudeste

Em audiência pública na ALMG movimentos sociais, sindicatos e deputados debatem a possibilidade do leilão de quatro usinas controladas pela Cemig

Sem água para beber, falta de títulos da terra, casas com rachaduras e pontes quebras foram às heranças deixadas pela empresa Rural Minas depois da construção de barragem

Cemig e Governo de Minas Gerais se comprometem a promover ações e programas sociais para atender atingidos do Vale do Jequitinhonha

Entre os 50 participantes estavam atingidos pela barragem da Samarco, que se rompeu em novembro de 2015 em Mariana (MG), além de outros projetos da região.

A ofensiva do conservadorismo na sociedade, que impôs um golpe de Estado no ano passado e uma série de retrocessos aos trabalhadores, também está presente nas universidades e instituições de ensino do país. Na USP de São Carlos, nove estudantes sofrem com a possibilidade de serem expulsos após ocuparem a Prefeitura do Campus como forma de reivindicação por reparos e manutenção das condições de instação do alojamento. 

Moradores de Barra Longa convivem com poeira e doenças desde o rompimento. Nenhum centavo foi pago e nenhum acompanhamento efetivo feito. Mineradora cercou o local para esconder o desastre.

As mulheres puderam trocar experiências dos anseios e dificuldades que enfrentam no dia-a-dia e traçam plano de luta pelos direitos

A 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária foi inaugurada nesta quinta-feira (4), no Parque da Água Branca e vai até o próximo domingo (7).


Por Gustavo Marinho, da Página do MST
Foto: Mídia Ninja

Atingidos pela Samarco, organizados no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), paralisam na manhã desta terça-feira (2) parte das obras de recuperação na Hidrelétrica Risoleta Neves.

Brigada formada por diversos movimentos populares espalhou cartazes pela cidade convocando a população para a greve geral, que ocorre nesta sexta-feira (28)