Região Sudeste

*da Página do MST 


Na manhã desta segunda-feira (9), mil famílias organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ocuparam a fazenda Esmeralda, com sede em Duartina, interior de São Paulo, a fazenda é ligada ao vice-presidente Michel Temer (PMDB).

de Belo Horizonte

Foto: Mídia Ninja

Novo governo propõe leis que acabarão com licenciamento ambiental. Com esta fragilidade, tragédias como a da Samarco serão cada dia mais comuns

* por Edson Aparecido da Silva

A população do Estado de São Paulo foi surpreendida recentemente com a notícia de um aumento na conta d’água de 8,45% a partir do mês de maio, calculado com base na variação do IPCA no período de março de 2015 a março de 2016 que foi de 9,37%, descontando um fator chamado “fator de eficiência” de 0,94%, chega-se ao reajuste.

Atividade ocorre no centro da capital paulista e contará com apresentações artísticas e intervenções políticas


Na tarde desta terça-feira (12/04), em Aimorés (MG), os atingidos retomam a jornada de lutas pelos direitos, que ocorreu em março deste ano. Eles voltam a manifestar contra o modelo exploratório das hidrelétricas e mineração. Na ocasião, os moradores das cidades que dependem do Rio Doce para o abastecimento de água - consumo e produção - reivindicaram a Política Nacional de Direitos dos Atingidos, denunciaram os altos preços da conta de luz em que os trabalhadores brasileiros pagam por uma das energias mais caras do mundo.

Confira a nota do Coletivo de Luta Pela Água sobre as novas ações promovidas pelo governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin em relação ao abastecimento hídrico na região metropolitana de SP:

Nota sobre o fim do bônus na tarifa de água

Após dez anos da construção da usina hidroelétrica de Irapé população do Vale do Jequitinhonha sofre com a violação dos direitos, inclusive a falta de energia elétrica

Secundaristas saíram da Estação Butantã, na zona oeste paulistana e passaram por colégios que foram ocupados pelo movimento no ano passado.

Contrastando com a manifestação majoritariamente branca do último domingo, o ato em defesa da democracia que aconteceu na avenida Paulista foi marcado pela diversidade; “Percebam que a Paulista não tem cor. Ela é colorida, multicolor!”, exclamou Chico César no protesto que mais pareceu uma festa pela democracia.


Por Ivan Longo, da Revista Fórum

Vazamento de grampo telefônico de conversa entre Dilma e Lula foi duramente criticado pelo campo progressista na noite de ontem (16) no Teatro da PUC de São Paulo.

Por Helder Lima, da Rede Brasil Atual