Região Sul

A população do município de Erechim, no norte do Rio Grande do Sul, lotou a Câmara de Vereadores na noite da ultima terça-feira (09) para participar do Seminário Contra a Privatização da Água do município.

A atividade foi promovida pelo Fórum Popular em Defesa da Água com o objetivo de debater com a sociedade o edital de concessão dos serviços de água e esgotamento sanitário e os riscos do processo de privatização das empresas estatais. 

Representantes do Fórum Popular em Defesa da Água de Erechim acompanhado de uma comitiva de vereadores estiveram debatendo o processo de privatização da água do município com o Diretor Financeiro e Presidente em Exercício da Corsan e as equipes de Diretores e área jurídica em Porto Alegre (RS). Após a reunião a comitiva e os funcionários da Corsan foram recebidos pelo Secretario Estadual de obras Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira.

Desde 2008 a população revive um drama antigo: o projeto das barragens de Panambi e Garabi no Rio Uruguai

No Rio Grande do Sul, a Plataforma Operária e Camponesa de Energia realizou na ultima sexta-feira (07/07) a primeira etapa de formação de formadores estaduais, contando com a presença de 34 militantes de 7 organizações: MAB, CPERS, FTM, MST, MPA, Levante Popular da Juventude, e SindiPetro.

Na ultima sexta-feira (07), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), lançou na capital gaúcha o seu 8º Encontro Nacional que irá ocorrer dos dias 01 a 05 de outubro na cidade do Rio de Janeiro, com o tema: “Água e Energia com Soberania, Distribuição da Riqueza e Controle Popular”.

Reajuste médio de 5,85 %deve ser aplicado a partir de sábado (24)

Os consumidores que são atendidos pela Companhia Campolarguense de Energia (Cocel) terão reajuste médio de 13,34% / Leandro Taques

Do Brasil de Fato

Movimentos populares e organizações da sociedade paranaense planejam uma série de manifestações para os dias 9 e 10 de maio na região central de Curitiba.

Nos três estados do Sul do país, 210 famílias atingidas já foram beneficiadas com placas solares para aquecimento de água

 

Há mais de quatro anos, atingidos do sudoeste do Paraná lutam para conquistar direito ao reassentamento e indenização justa



Após longo período de denúncias e cobranças dos atingidos, finalmente no dia 14 de março de 2017, por meio de uma portaria do governo do estado Paraná, institui-se uma comissão multidisciplinar para acompanhar o cumprimento das condicionantes do licenciamento da Usina Hidrelétrica (UHE) Baixo Iguaçu.

Na última terça-feira (14), ocorreu o lançamento do 8º Encontro Nacional do MAB (Movimento dos Atingidos pelas Barragens), no auditório do SindiCoop/AREDE. Líderes sindicais, representantes da Igreja Católica e da IECLB, agricultores ameaçados pelas barragens de Garabi e Panambi se revezaram nas manifestações deste dia que é comemorado os 26 anos do MAB.