Região Sul

Prevista para ser inaugurada este ano, hidrelétrica continua negando direitos dos atingidos no Sudoeste do Paraná

Ocorreu ontem (13/12), em Curitiba-PR, ato de lançamento do 8ª Encontro Nacional do MAB. O ato teve a participação de várias lideranças, militantes de sindicatos, organizações e movimentos sociais. Esteve presente também a turma de formação de militantes e a coordenação estadual do movimento.

Empresa responsável pela hidrelétrica de Baixo Iguaçu demonstra descaso com atingidos e autoridades do estado do Paraná

Uma semana antes do assassinato de dois agricultores sem terra na região de Quedas do Iguaçu (PR) – tragédia ocorrida no dia 7 de abril de 2016 -, o secretário da Casa Civil e deputado federal, Valdir Rossoni (PSDB), reuniu-se com lideranças regionais e representantes da madeireira Araupel, comprometendo-se em resolver o conflito na área grilada pela empresa.

Famílias atingidas decidem em assembleia deixar portão de acesso a Usina Baixo Iguaçu

Debates, rodas de conversa e oficinas ocorreram em dois municípios gaúchos: Porto Lucena e Alecrim

Na ultima semana, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizou diversos encontros com jovens no oeste do Rio Grande do Sul, região que é ameaçada pelas Usinas Hidrelétricas de Garabi e Panambi. Foram importantes momentos de debate e reflexão relacionados à conjuntura atual e sobre os impactos e violações de direitos humanos promovidos pelas barragens em suas vidas.

Atingidos da hidrelétrica de Baixo Iguaçu avaliarão proposta do governo do Paraná de retirar acampamento em frente ao canteiro de obras para garantir reassentamento

Foto: Leandro Taques 

A estaca, fincada, atravessa a terra que será engolida pela água; Fere a terra que não será mais terra


Crônica de Guilherme Uchimura

O forasteiro que chega expele concreto e lança estacas de suas entranhas. Vem para extrair energia de nossas águas. A energia está vendida para a Vale. As riquezas destinadas para a exportação. Os lucros remetidos para a Espanha.

Restam as estacas.

Ocupação das famílias atingidas pela hidrelétrica de Baixo Iguaçu completa um mês com ameaças de reintegração de posse


As Comissões de Direitos Humanos do Senado, Câmara e da Assembleia Legislativa do Paraná realizam audiência pública conjunta no dia 18 de dezembro em Capanema, para debater a violação dos direitos das famílias que perderam suas propriedades e meios de vida em função da construção da Usina Hidrelétrica do Baixo Iguaçu.