Região Sul

No Rio Grande do Sul, atingidas debatem o modelo energético e a violação dos direitos das mulheres na construção de barragens.

O documentário "Garabi Panambi: a Última Batalha do Rio Uruguai, produzido pelo Coletivo de Comunicação do MAB, foi premiado como Melhor Curta (Temática Ambiental Água), no 2º Festival de Cinema de Três Passos-RS.

O curta narra a trajetória de resistência da população que vive às margens do último trecho sem barragens do rio Uruguai, entre a divisa do Brasil e Argentina. Desde 2008 a população revive um drama antigo: o projeto binacional de construção das hidrelétricas de Garabi e Panambi.  

Famílias comemoram conquista da terra no RS, após ocuparem por mais de um ano a Fazenda São Clemente.

Foto: Leandro Molina

Comunicação Via Campesina RS

Ato comemorativo com entrega de 2.045 hectares de terra será realizado nesta sexta-feira (9), em Esmeralda (RS)

Brasil tem capacidade e recursos para produzir energia a baixo preço, mas privatização do setor impede isso.


por Pedro Carrano, do Brasil de Fato

Atingidos cobram a inclusão de centenas de famílias excluídas das políticas compensatórias, além da revisão dos valores de indenização proposto pela Engevix. A empresa, que controla a hidrelétrica, está envolvida no esquema de corrupção da Lava Jato e já participou de episódios de violação de direitos humanos na região.


Desde o início da manhã desta quinta-feira (01), atingidos ocupam o canteiro de obras da Usina Hidrelétrica São Roque, atualmente em construção no leito do rio Canoas, em Santa Catarina.

Atingidos apresentaram experiência do Aquecedor Solar de Baixo Custo, implantada pelo movimento em cinco estados do país.

No Paraná, atingidos e acadêmicos elaboraram um plano de trabalho para minimizar os impactos das barragens na saúde das populações atingidas

Na última quinta-feira (06/08), em encontro de lideranças do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB, em Curitiba, dirigentes do Sindicato dos Petroleiros PR/SC, da APP Sindicato e Líder da oposição na Assembléia Legislativa debatem conjuntura e apontam defesa da Petrobrás como principal tarefa.