Complexo Tapajós

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) considera que a decisão do IBAMA em não conceder a licença para a instalação da Usina Hidrelétrica São Luiz do Tapajós, na região amazônica brasileira, é em primeiro lugar uma vitória do povo que luta contra a construção desta hidrelétrica há muito tempo.

O Ibama cancelou o licenciamento da hidrelétrica de São Luiz, prevista para ser construída no rio Tapajós, oeste do Pará. O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) comemora a decisão e reforça que ela é fruto da luta dos povos indígenas, ribeirinhos e todas as demais comunidades ameaçadas pela construção da hidrelétrica.

Representantes da União Europeia e da entidade de cooperação Christian Aid estiveram na semana passada em Itaituba (PA) para conhecer de perto o trabalho que o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) tem feito na região do Tapajós. As entidades apoiam o trabalho do Movimento no local através do projeto “Direitos das Mulheres Atingidas por Barragens”.

Yesterday afternoon (May 25) the Federal Public Ministry (MPF) held a public audience to discuss the possible impacts of the hydro-power plant of São Luís do Tapajós. The audience took place at the Federal Institute of Pará (IFPA) campus at the municipality of Itaituba.

Besides the Federal Public Ministry, representatives of Ibama and Funai, researchers, the Movement of People Affected by Dams (MAB) and leaders of the affected communities were present at the audience.

Moradores da comunidade de Campo Verde, município de Itaituba, bloquearam a rodovia Br 163 na manhã desta quinta-feira (26 de maio) para protestar contra a morte de Sirley Damasceno (38 anos), atropelada por uma carreta no último sábado (21).

Aconteceu na tarde desta quarta-feira (25) a audiência pública convocada pelo Ministério Público Federal para discutir os prováveis impactos da hidrelétrica de São Luís do Tapajós. A atividade aconteceu no campus do Instituto Federal do Pará (IFPA) em Itaituba e foi marcada por diversos pedidos dos participantes para cancelar definitivamente o projeto.

Estiveram presentes na mesa além do MPF, representantes do Ibama e da Funai, pesquisadores, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e lideranças das comunidades atingidas.

The Public Ministry of Pará together with several organizations, including the Movement of People Affected by Dams (MAB) are holding on the May 23rd and 24th in Itaituba the Seminar “Impacts, challenges and perspectives of large projects at the Tapajós Basin”

Nos dias 23 e 24 de maio acontece em Itaituba o Seminário “Impactos, desafios e perspectivas dos Grandes Projetos na Bacia do Tapajós”, promovido pelo Ministério Público do Pará, com apoio de diversas organizações, entre elas o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). Na tarde de hoje, o coordenador do MAB Iury Paulino fez um alerta de que acontecerão graves violações de direitos humanos na região do Tapajós se forem construídas as hidrelétricas.

Ibama suspended the licensing of the hydropower project of São Luiz do Tapajós, in Pará, the largest project planned to be build in Brazil.

The decision of the federal environmental organ, IBAMA is taken in the same day that Funai announced the approval of the studies for the indigenous land demarcation of Sawré Maybú.

O Ibama suspendeu o licenciamento da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, no Pará, a maior prevista para ser construída no país e cujo leilão chegou a ser anunciado para o final deste ano.