Cartilha sobre o relatório de violação de direitos humanos em áreas de barragens

O Movimento dos Atigidos por Barragens (MAB) elaborou uma cartilha a partir do conteúdo do relatório da Comisão Especial “Atingidos por Barragens”, aprovado pelo Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana em novembro do ano passado. A cartilha foi lançada durante o 1º Encontro Nacional de Mulheres Atingidas por Barragens, em Brasília, no dia 5 de abil.

O relatório apontou que há um padrão de violação de direitos humanos em áreas de construção de barragens:

“Durante os trabalhos da Comissão, ficaram evidentes a relevância e magnitude dos impactos sociais negativos decorrentes do planejamento, implantação e operação de barragens nos casos estudados. Os estudos de caso permitiram concluir que o padrão vigente de implantação de barragens tem propiciado, de maneira recorrente, graves violações de direitos humanos, cujas conseqüências acabam por acentuar as já graves desigualdades sociais, traduzindo-se em situações de miséria
e desestruturação social, familiar e individual”, apontou o relatório.

Clique no link a seguir para abrir a cartilha do MAB, em formato PDF:

AnexoTamanho
relatorio_dh_2011_pt.pdf894.92 KB