Banner-site_Belo-Monte

One of the most controversial project in progress in Brazil, the Belo Monte dam is being built on the Xingu River in the Pará State. Planned to be the largest dam in the country, after Itaipu, the Belo Monte dam will displace at least 30 000 people only at the urban area of Altamira. Scheduled to start operating in February 2015, the construction already leaves its trail of human rights violation and disrespect to traditional people and biodiversity.

Atingidos por Belo Monte ocupam órgão do Governo Federal em Altamira

Atingidos por Belo Monte da Lagoa do Independente 1 ocuparam a Casa de Governo, escritório especial da Secretaria de Governo da Presidência da República em Altamira (PA), na manhã desta quinta-feira (16). Eles exigem que o governo federal dê continuidade às negociações para que que a Norte Energia, dona de Belo Monte, faça o cadastramento das 500 famílias da comunidade. A empresa se recusa a fazer o cadastro e a reconhecer os direitos dos atingidos.

O protesto também é contra o esvaziamento da Casa de Governo em Altamira. O órgão, que tinha o papel de contribuir na solução de conflitos envolvendo Belo Monte, tem sido sistematicamente esvaziado desde o golpe de 2016."A postura do governo federal tem sido de enorme desrespeito com as pautas sociais e os direitos do povo e isso não podemos mais admitir", afirma José Viana, da coordenação da comunidade.

José Viana explicou que uma comissão havia se direcionado para a Casa de Governo para apresentar a pauta de reivindicações. No entanto, ao chegar lá, encontraram a unidade vazia e com o portão trancado. A chefe da unidade, Elisângela Trzeciak, está em Belém.

Os manifestantes, organizados no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), mantém acampamento em frente à Norte Energia desde ontem. Os atingidos só vão desocupar o órgão quando tiverem a pauta atendida.