Ameaçados por hidrelétrica no Rio Chopin realizam manifestação no Paraná

No último sábado (18), moradores ameaçados pela construção da Pequena Central Hidrelétrica Salto da Alemã realizaram ato público na ponte de acesso localizada entre os municípios paranaenses de Pato Branco e Honório Serpa, para denunciar a falta de informações sobre a obra.  

Os moradores relataram que técnicos de empresas desconhecidas estão na região tentando fazer levantamentos junto às famílias. “Chegam nas casas que têm pessoas de idade, não se identificam, dizem que está pra sair uma barragem. Estamos preocupados pois não temos nenhuma informação”, relata um dos participantes.

Para um dos organizadores, o objetivo da manifestação foi denunciar para a comunidade o que está acontecendo e que, a partir do ato, algumas iniciativas sejam tomadas junto a autoridades e órgãos públicos responsáveis pela autorização da obra.

Estudos apontam que está previsto 12 projetos de Usinas Hidrelétricas ao longo do Rio Chopin, dentre eles a PCH Salto da Alemã, atualmente em fase de estudos segundo informações que consta no Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Entretanto, até o momento a população se quer foi ouvida ou consultada se concorda com o projeto ou qual será o plano para atendimento às famílias e municípios atingidos.

Em junho do ano passado aconteceu na região uma audiência pública para discutir a situação dos projetos da Bacia do Chopim, porém o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), órgão responsável pelo licenciamento das obras, não compareceu, ficando ainda mais evidente a fragilidade do processo de licenciamento no Estado.