Comitê Estadual de Rondônia lança o Plebiscito Popular, em Candeias do Jamari

O Comitê Estadual de Rondônia realizou lançamento do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana, no município de Candeias do Jamari. A plenária aconteceu na noite desta quarta-feira, 04, na Câmara dos Vereadores, às 19h30, cerca de 50 pessoas estiveram presentes no lançamento. 

Durante a Semana da Pátria, entre os dias 01 a 07 de setembro, em todo o Brasil, a população poderá responder à pergunta: “Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?”. No país, milhares de pessoas estão envolvidas na construção do plebiscito Popular. Os movimentos populares e sindicais organizam o debate pela reforma política.

Durante a abertura da plenária, o coordenador do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB/RO), Océlio Muniz, destacou a importância da participação da população do município na construção do plebiscito popular pela reforma política e na proposta de criação do comitê municipal para a realização dos debates nos bairros e organizações comunitárias.

Para Walisson Rodrigues, militante do Levante Popular da Juventude no Estado, enfatizou as manifestações de junho, o que levou a proposta de luta do povo por um plebiscito popular. Durante as manifestações, o termo “Não nos representa” esteve presente na voz do povo, esse é o questionamento, a população brasileira não se sente representada pelos políticos que compõem o Congresso Nacional, eles não pautam os interesses do povo.

O militante salienta ainda, que por isso os movimentos sociais, sindicais e outros estão organizando o povo para pautar o Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana. Desta forma, o povo participa desta pauta e contribui na reforma política.

Faltando três meses para o Plebiscito, que ocorrerá entre os dias 1 e 7 de setembro deste ano, o Comitê Estadual planeja lançar o plebiscito popular em outros municípios do estado de Rondônia. Nos próximos meses, a proposta do Comitê é realizar Cursos dos Mil no Estado.