MAB lança 8° encontro nacional na região do Maciço de Baturité, no Ceará.

Na ultima quinta feira (02), o  Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), realizou o lançamento do seu 8° encontro nacional, que ocorrerá no Rio de Janeiro, de 01 a 05 de outubro e contará com a presença de 5 mil atingidos por Barragens de todo Brasil.

O lançamento ocorreu na cidade de Aracoiaba com forte presença da militância do MAB de quatro municípios do Maciço de Baturité (Aracoiaba, Baturité, Ocara e Capistrano), e amigos, parceiros e aliados do movimento a nível estadual e regional, participaram do ato político o Movimento Dos trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Aracoiaba, Baturité e Acarape, o Vereador do PT de Baturité Marcos Reis, o SETRA, o PT de Aracoiaba, o Deputado Federal José Guimarães do PT, a Professora Clebia da UNILAB, o Fé e Alegria do Brasil, o representante dos estudantes da UNILAB e Silvanar articulador do território regional. 

No lançamento foi apontado por todas as organizações a importância do MAB para a região e o fortalecimento do processo de divulgação e construção do encontro nacional dos atingidos. O MAB também apontou os desafios para o próximo período, na luta pelo Fora Temer, e contra as medidas antipopulares, em especial a reforma da previdência. 

A região do Maciço tem o desafio de participar do 8° encontro nacional com 160 atingidos, no total de 04 ônibus, para garantir as condições os atingidos estão se mobilizando e até a data do encontro as comunidades farão noites culturais, bingos, sorteios e arrecadação de contribuições. 

Para Taís Pacheco da coordenação do MAB na região, o ato político marca a corrida para a construção do encontro nacional, e a presença de tantas organização nos enche de fôlego para conseguir as condições do encontro.