Modelo energético será tema de debate das Universidades Fluminenses

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizou ontem (01) uma reunião com estudantes e professores de seis universidades públicas do Rio de Janeiro, à saber: UFRJ, UFRRJ, UFF, UNIRIO, FIOCRUZ e UERJ. O objetivo da reunião foi debater e preparar atividades universitárias rumo ao 8º encontro nacional do MAB que irá ocorrer na capital, de 1 a 5 de outubro.

Como parte da preparação ao encontro será realizada na primeira quinzena de setembro uma ciranda universitária abordando os temas da água e da energia nessas universidades. Além de debater os temas centrais do encontro nacional motivando a participação do meio acadêmico com a realização de feiras, seminários e exibição de filmes em torno da modelo energético brasileiro e a luta das famílias atingidas por barragens.

Um dos temas a ser trabalhado nas escolas e universidades será a luta em torno dos royalties do petróleo. Com a descoberta do pré-sal, estudos indicam que o Brasil possui pelo menos, 176 bilhões de barris de petróleo, colocando o país entre as cinco maiores reservas de petróleo do mundo.

De acordo com Alexania Rossato, da coordenação nacional do MAB, no atual momento há uma grande disputa mundial pela apropriação sobre esta riqueza e não podemos entregar isso ao capital. “Entendemos que as riquezas de nosso país são do povo e é este que deve lutar e decidir onde aplicar o resultado obtido, com soberania, distribuição da riqueza e controle popular. Por isso, estamos propondo que a juventude, como parte do povo brasileiro, assuma com protagonismo o processo de luta na questão energética nacional com ênfase na questão do petróleo para a educação, saúde, empregos e direitos”, afirmou a coordenadora.

Além do debate da questão energética nas escolas e universidades, até o encontro o MAB realizará uma série de atividades no Rio de Janeiro, como a exposição das Arpilleras e o lançamento do filme Arpilleras: atingidas por barragens bordando a resistência, no Cine Odeon, no dia 29 de agosto.