Nota de repúdio ao deputado Bolsonaro

Nós, do Movimento dos Atingidos por Barragens, repudiamos a postura do deputado Jair Bolsonaro, que retratou as comunidades negras e quilombolas de forma desrespeitosa. Na semana passada, em um discurso no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, demostrou seu interesse em acabar com todas as terras indígenas e quilombolas do país, alegando que as reservas indígenas e quilombolas atrapalham a economia: “Eu fui num quilombo, em Eldorado Paulista, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem pra procriador ele serve mais. Mais de 1 bilhão por ano é gastado com eles”.

Sabemos que essas comunidades preservam a sua cultura e as riquezas há mais de 200 anos, e são tratadas de forma desrespeitosa com discurso sem fundamento. Se olharmos para a história do Brasil, a negação dos direitos e o racismo institucional, vemos o comportamento da elite que se incomoda com qualquer luta pelos direitos desses povos.