Banner-site_Belo-Monte

claret coluna

Eu vi

Autor: 
Antônio Claret Fernandes

Vi a Constituição rasgar-se em mil pedaços de papel

Vi o céu arrepiar-se perante a destruição

Vi o assassino fugir pela contramão da história

Vi a hora em que a sombra da morte cobriu todo o Belo Monte

Vi o Xingu estonteante da lapada que levou

Vi o rio gemer no leito, acorrentado

Vi uma menina chorar o leite da mãe derramado

Vi muita gente calada com medo da maldição

Vi muita gente fugir das garras do Capital

Vi a Força Nacional a serviço da Norte Energia

Vi a senhora passar mal quando levaram preso um operário inocente

Vi a tribo atacada arrebentar-se por dentro

Vi os povos embrulhados nas letras do PBA

Vi cimento misturar-se no sangue da Amazônia

Vi um grupo de bacanas habitando grandes mansões

Olhei o calendário: 19 de abril!

Quando será mesmo o dia do índio no Brasil? Quando?