Região Sudeste

Em Barra Longa, mãe relata peregrinação por médicos. Pai trabalha em dois empregos e gasta o que ganha com remédio. Um das vacinas custa 300,00.

CRIME DA SAMARCO VALE- BHP – UM ANO DE IMPUNIDADE, LUTAR E ORGANIZAR PARA OS DIREITOS CONSQUISTAR.

 

Estimados(as) parceiros(as) e amigos(as).

O governo de Minas Gerais emitiu decreto concedendo à Samarco autorização para construção do Dique S4.  Esta medida garante os interesses da empresa e restringe o acesso das famílias, vítimas do crime, às suas próprias terras.

Em 5 de novembro de 2016 estaremos em Bento Rodrigues para reforçar que só a luta e a organização garante os direitos.

Na manhã da ultima terça-feira (13), sem qualquer estardalhaço, Michel Temer se reuniu com o presidente do Sistema Findes, Marcus Guerra, em encontro organizado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). Nas pautas da reunião, a retomada das atividades da Samarco, responsável pela tragédia em Mariana no ano passado.

Acontece na área atingida pela Barragem do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu/RJ, o IV Encontro Internacional pela Terra e o Território. Mais de 50 pessoas vindas de todas as regiões do Brasil, da Bolívia, Chile e Colômbia participam do encontro que iniciou ontem, dia 14, e segue até sábado.

Durante primeira audiência de conciliação com MPF, Samarco, Vale e BHP ignoram pauta dos atingidos e cobraram agilidade na liberação do dique que pode alagar comunidade

Desde segunda feira (05), jovens que fazem parte do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), vindos de diversas regiões do Brasil, estão participando do 3° Acampamento Nacional do Levante Popular da Juventude que está ocorrendo no estádio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG).

Na tarde desta sexta-feira (9) atingidos organizados no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) de várias regiões do Brasil vão às ruas de Belo Horizonte junto com os sete mil jovens reunidos no 3º Acampamento do Levante Popular da Juventude, para denunciar a mineradora Vale, que detém 50% da Samarco, responsável pela Barragem de Fundão que rompeu 05 de novembro de 2015, em Mariana.

Encontro homenageou a militante Nicinha, assassinada na Usina de Jirau

Wallace Oliveira do Brasil de Fato