Energia

A cada 45 dias, um trabalhador precarizado da Companhia Energética de Minas Gerais morre no trabalho

O vídeo "O preço da luz é um roubo", produzido pela Brigada de Audiovisual da Via Campesina, foi adaptado para o quadro "Outro olhar", do programa Repórter Brasil.

Mais uma turma concluiu o Curso Energia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneo, uma parceria do MAB com o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com apoio da Eletrobrás. A formatura realizou-se ontem (14), na Escola de Educação Física e Desportos da UFRJ.

Durante a panfletagem, foi distribuída a Carta dos Atingidos por Barragens aos trabalhadores do Setor Elétrico Brasileiro, na qual o MAB reafirma sua solidariedade à luta dos trabalhadores.

Está agendada para a próxima terça-feira (14) uma reunião entre representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e diversos deputados federais reconhecidos por seu apoio aos movimentos sociais. A reunião será coordenada pelo MAB e acontecerá em Brasília, às 15 horas.

Os estudantes da Turma Internacionalista Simón Bolívar apresentam nesta segunda-feira (13) os Trabalhos de Conclusão do Curso Energia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneo realizado em uma parceria entre a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), com apoio da Eletrobrás.

Linhas de Transmissão Eletrobras Furnas - Foto: José Lins

As organizações articuladas na Plataforma Operária e Camponesa para Energia receberam com otimismo a notícia de que o governo deverá prorrogar as concessões do setor elétrico que vencem em 2015. No entendimento do MAB, será um passo importante para evitar a privatização do setor