Encontro Nacional do MAB

O 8º Encontro Nacional do MAB, que acontece de 2 a 5 de outubro, no Terreirão do Samba do RJ, é de grande efervescência cultural. Aqui se pode ter contato com produções musicais, de vídeo, artesanato e culinária.

Um dia antes da abertura estava, sob as barracas, a batucada do Levante da Juventude, com inúmeros instrumentos de percussão. Já a abertura aconteceu com concerto do Grupo Mistura Popular, que, como o próprio nome diz, mistura vários ritmos e cujo vocalista é Jadir Bonacina, integrante do coletivo de cultura do MAB. 

Plataforma reúne senadores e deputados em prol da defesa nacional 

A ex-presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, foi convidada para participar do 8º Encontro Nacional do MAB. Como não pôde comparecer, ela enviou a carta de saudação transcrita a seguir. "O Movimento dos Atingidos por Barragens é uma das mais importantes expressões da capacidade do nosso povo se organizar, lutar por seus direitos e, hoje, resistir à destruição do Brasil", afirma Dilma. Leia na íntegra:

SAUDAÇÃO DE DILMA ROUSSEFF AO 8º ENCONTRO NACIONAL DO MAB

Porto Alegre, 1º de outubro de 2017

Cuidar dos filhos, da casa, da vida e ainda ter tempo para estar na luta. Ser militante em um contexto machista, que muitas vezes demanda das mulheres uma jornada dupla e até mesmo tripla, é algo que exige muita disposição. Mas a força dessas mulheres pode ser percebida nos mínimos detalhes, basta uma observação mais atenta, dois dedos de prosa ou olhar essas mulheres de frente. As atingidas trazem nos olhos a garra e a força de sua luta.

"É com imensa alegria que nós, do Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM), saudamos 8º Encontro Nacional do MAB. Saudamos seus participantes, mulheres, homens e crianças!

Já chegaram as primeiras caravanas dos atingidos por barragens de diversos estados do Brasil para o Encontro Nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens MAB no Rio de Janeiro (RJ). O primeiro ônibus a chegar trouxe militantes e aliados da região de Belo Horizonte (MG) e aportou às 6h no Terreirão do Samba, onde será realizado o Encontro.

Até o momento, já chegaram caravanas de Minas Gerais, Rondônia, Pará e Pernambuco e Bahia.

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizou ontem (01) uma reunião com estudantes e professores de seis universidades públicas do Rio de Janeiro, à saber: UFRJ, UFRRJ, UFF, UNIRIO, FIOCRUZ e UERJ. O objetivo da reunião foi debater e preparar atividades universitárias rumo ao 8º encontro nacional do MAB que irá ocorrer na capital, de 1 a 5 de outubro.